Aleksandar Petrovic é o novo técnico da seleção brasileira; Filé permanece como assistente

Conforme noticiado pelo portal Basquete 360 na última sexta http://www.basquete360.com.br/2017/10/20/croata-aleksandar-petrovic-vai-dirigir-selecao-brasileira-masculina/, o croata Aleksandar Petrovic  foi oficializado como novo treinador principal da seleção brasileira de basquete pela entidade máxima do esporte brasileiro, a CBB (Confederação Brasileira de Basketball) nessa terça. Aço, como é chamado, é ex técnico da sua seleção e comandará a seleção brasileira para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2019, na China.

A comissão técnica, contudo, que poderia ser trocada, permanece a mesma. O gerente técnico Renato Lamas garantiu César Guidetti, técnico do Esporte Clube Pinheiros, como assistente principal,  e os assistentes Bruno Savignani, ex-Brasília, e Felipe Santana, o Filé, da base da Sociedade Esportiva Palmeiras, permanecem. O preparador físico Bruno Nicolacci, do Vasco, também foi mantido.

filé 1.jpg
Filé passando instruções (Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação)

Conheça Filé

Felipe Luiz Santana, mais conhecido pelo apelido de Filé, 30 anos, está no verdão desde 2008. (Saiu em 2013, mas voltou logo em seguida). Em seu currículo no verdão, o coach apresenta um vasto número de títulos. Um dos principais foi  há dois anos quando o verdão foi a Bauru e venceu o poderoso e favorito time do Dragão (https://basquetepalestrino.com/2015/11/24/em-dia-historico-sub-19-do-verdao-quebra-tabu-e-e-campeao-em-plena-bauru/). Além de trabalhar na base do verdão, Filé foi assistente de Régis Marreli, quando o verdão ainda disputava o NBB e também já comandou as categorias de base do Porto (Portugal). Felipe talvez seja o melhor técnico das categorias de base no Brasil, sabe como poucos aproveitar ao máximo o potencial de seus atletas e , no verdão, com um investimento bem menor do que seus principais rivais, Filé, coloca a base do verdão lado a lado de Pinheiros e Clube Atlético Paulistano.

Se nas quadras ele é diferenciado, fora delas, é ainda superior. Formado em Educação Física pela USP e com mestrado pela mesma, Filé sempre está se reciclando e se atualizando. O técnico do alviverde já participou de uma clínica comandada pelo pivô brasileiro Tiago Splitter (Splitter Camp). Também participou ano passado em clínica promovida pela Liga Nacional de Basquete voltada para técnicos brasileiros usando como cobaias os jogadores do time sub-19 do Palmeiras. Lá estava Casey Hill, técnico do Santa Cruz Warriors, time da D-League afiliado ao Golden State Warriors. E neste mês participa de um camp na  Chus Mateo Academy, com o treinador de basquete do Real Madrid, Chus Mateo e Lucas Mondelo, técnico da seleção feminina da Espanha.

filé 2.jpg

Foto Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s