Valeu pela reação

No aniversário de 101 anos da Sociedade Esportiva Palmeiras, o time Sub 22 de basquetebol enfrentou a equipe de Joinville, no Esporte Clube Pinheiros. Infelizmente saímos derrotados por 81 x 79, entretanto, o poder de reação do Palestra é algo a ser comemorado nesta derrota.

O jogo começou com um equilíbrio com era previsto, ambas equipes adotaram um jogo forte, marcado por erros e um excessivo jogo de transição. Os 10 minutos inicias terminaram favoráveis ao time alviverde por 19 x 20. A história do segundo quarto foi similar a do primeiro, os dois times continuaram trocando cestas de cada lado, o que manteve o equilíbrio até então do jogo. Fim de primeiro tempo com duelo empatado por 35 x 35.

Na volta de intervalo, o time do Palestra Itália entrou errando muito e o time do SUL aproveitando as oportunidades dadas e literalmente acertando tudo, arremesso feio entrando, bolas de três no estouro do cronômetro. Na parcial, o time de Joinville aplicou 31 x 19 no quarto e com isso abriu uma vantagem de 12 pontos.

Nos 10 minutos finais, o Palestra precisava reagir e isso aconteceu, viramos o jogo no último minutos, contudo com um lance de pura categoria do armador Paulinho, mas no mínimo duvidoso, tomamos a virada fintando 1 segundo para o término do jogo. Mesmo estando 12 pontos atrás do placar, o time Sub 22 mostrou um enorme poder de reação que deve ser ressaltado ainda mais para um time tão jovem como é. Para que a reação fosse possível, contamos, principalmente com as boas atuações no quarto de Egon, Yago (ambos cestinhas com 14 pontos) e Luiz. que mudaram a cara do jogo. Voltando ao lance que deu a vitória para o time de Joinville, ao vivo deu a total impressão que o bom armador Paulinho patinou 3 metros com a bola e  com isso acertou uma bonita bandeja colocando efeito na bola. O Palmeiras ainda tinha 1 segundo para tentar ganhar a partida, mas Yago errou o arremesso final. Já amanhã enfrentaremos o time do Basquete Paraná, às 15 horas, no ginásio azul, no Pinheiros, com entrada gratuita.

Egon foi o cestinha do Palmeiras, ao lado de Yago (Foto: João Neto/LNB)
Egon foi o cestinha do Palmeiras, ao lado de Yago (Foto: João Neto/LNB)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s