Vitória para dar moral

Mesmo jogando no ginásio do Pinheiros, pois o nosso está passando por reformas para melhorias e ainda sem poder contar com o seu sexto jogador, a torcida, o Palmeiras obteve grande feito e superou o atual líder da competição, o Limeira (ainda não havia perdido fora de casa). O time ‘visitante’ não pode contar com Nezinho, Hayes, Ramon e Teichman, porém mesmo assim o time do interior é muito forte e apesenta uma base muito boa e que deu trabalho no jogo.
O verdão começou nervoso, cometendo alguns erros bobos e perdendo boas chances de pontuar, o time visitante não perdoou e foi abrindo vantagem, até chegar de dez pontos. Régis pediu tempo, o alviverde até esboçou uma reação, mas foi para o intervalo perdendo por 7 pontos (32 x39). Vale lembrar que o norte americano, David Jackson estava com 14 pontos em 16 tentados com direito à 4 bolas de 3 em 5.
Régis sacudiu o time no intervalo e a bronca deu certo, voltamos ligados no 3 quarto, como uma marcação com a cara de seu treinador, muito forte e compacta e ainda conseguimos marcar muito bem, se não perfeitamente o David Jackson que até se irritava com Neto e Diego. Se na marcação, o Neto estava bem, no ataque foi sua pior partida, saiu zerado. Zerado, isso mesmo, mas acredito que foi só um momento ruim, ele joga muito e é o cestinha da equipe até o momento. Grande impacto para reação do Palestra, além da boa defesa, foi a atuação do Douglas Nunes, às vezes muito criticado com razão, porém destruí no jogo. Anotou 16 pontos e converteu 3 bolas seguidas de 3 pontos, no 3 quarto, onde o verdão pela primeira vez no jogo passou à frente de Limeira, e por isso, o alviverde levou 5 pontos de vantagem para os 10 minutos finais.


Neto saiu zerado no ataque, mas foi fundamental na marcação (Foto: Bruno Ulivieri/divulgação Palmeiras)

Nunes foi bem no perímetro

 

No último quarto, o Palmeiras não teve muito problema devido ao cansaço dos visitantes e só ‘cozinhou’ a partida e nada pode fazer o excelente e jovem técnico do Limeira. E o grande destaque do jogo foi o ala Diego Pinheiro. Simplesmente jogou muito, anotou 26 pontos e converteu 4 bolas de 3, foi sua maior marca na temporada. Parabéns, Diego.

Diego jogou muito e foi o cestinha

Lembrando que o nosso próximo jogo será conta o embalado Mogi, só que dessa vez com torcida, mas ainda no Pinheiros. Terça, às 17 horas, ingresso grátis, não percam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s